Como instalar o PostgreSQL 12.1 no Linux via compilação de código fonte

Conhece o PostgreSQL e gostaria de um guia para auxiliar na instalação clique aqui.

Iaê amantes da tecnologia, no post de hoje vamos demonstrar como instalar o PostgreSQL via compilação dos arquivos binários em sua versão mais atual a 12.1. Devo salientar que durante todo o processo de instalação utilizei a distro Linux Ubuntu na versão 19-10, de codinome “eoan“. O que tornara o processo compatível com as demais distro derivadas do Ubuntu, como por exemplo o Linux Mint.

Passo 1 : Atualizando o Sistema

Certifique-se que o seu sistema operacional está na sua versão mais atual. Abra o seu terminal e digite os seguintes comandos:

sudo apt update
sudo apt upgrade

Passo 2 :  Pacotes necessários

Para realizarmos a compilação do PostgreSQL alguns pacotes serão necessários e provavelmente você já os terá instalado na sua distro. Vou listá los aqui abaixo:

  • Make 
  • GCC
  • Gzip
  • Bzip2
  • Readline

Obs: é necessário que os respectivos pacotes estejam instalados para continuar a instalação.

Passo 3: Download do Binário do PostgreSQL

Você deve obter o arquivo postgresql-12.1.tar.bz2, aqui. Após o arquivo ter sido baixado, no terminal navegue até o local onde ele se encontra.

Descompactando o arquivo:

bunzip2 postgresql-12.1.tar.bz2
tar xf postgresql-12.1.tar

Navegue para a pasta recém criada:

cd postgresql-12.1 

Passo 4: Configuração e Instalação

Se você deseja executar uma instalação padrão, basta digitar os seguintes comandos:

./configure
make
sudo make install
Passo 4.1: Configuração

A fim de facilitar a inicialização do PostgreSQL, passaremos ao ./configure os seguintes parâmetros:

 --prefix=/usr/local/postgres --bindir=/usr/bin --sysconfdir=/etc/postgres 
  • --prefix especifica qual o diretório de instalação, por padrão é /usr/local/pgsql.
  • --bindir especifica o diretório para programas  executáveis, por padrão é /usr/local/pgsql/bin.
  • --sysconfdir especifica o diretório para os arquivos de configuração.

Obs: Recomendo fortemente caso necessite de algo mais específico durante a configuração, que consulte a documentação do PostgreSQL, disponível aqui .

Deste modo então, executaremos o seguinte comando para configuração:

./configure --prefix=/usr/local/postgres –-bindir=/usr/bin --sysconfdir=/etc/postgres

Após o término do script iremos construir ( compilar ) os arquivos, para isso execute o seguinte comando:

make

Obs: A compilação levará alguns minutos, dependendo do seu hardware.

Se todo ocorre com sucesso a última linha exibida no terminal, será o seguinte:

All of PostgreSQL successfully made. Ready to install. 
Passo 4.2: Instalação

Tudo configurado e compilado, agora é a hora de instalarmos os arquivos. No terminal digite:

sudo make install

Até aqui você já possui o PostgreSQL instalado, porém para funcionar corretamente é necessário fazermos algumas configurações.

Passo 5: Criando grupo e usuário

Agora vamos criar um novo grupo chamado postgres e iremos adicionar um novo usuário também com o nome postgres.

Para adicionarmos um novo grupo, digitamos:

sudo groupadd postgres

Agora adicionamos o usuário postgres ao grupo:

sudo useradd postgres -g postgres

Passo 6: Criando diretórios para os dados

Vamos criar os diretórios para os dados do PostgreSQL, digite:

sudo mkdir /usr/local/postgres/data

Agora criamos o diretório para o usuário postgres, que adicionamos no passo 5:

sudo chown postgres.postgres /usr/local/postgres/data 

Passo 7: Inicializando o banco de dados

Acesse o usuário postgres.

sudo su postgres

Para inicializamos o PostgreSQL, usamos o seguinte comando:

initdb -D /usr/local/postgres/data 

Passo 8: Testando

Vamos verificar se tudo está funcionando corretamente, digite:

psql template1 postgres

caso tenha conectado digite \q para sair

Passo 9: Copiando arquivos de inicialização

Vamos configurar agora os arquivos de inicialização do PostgreSQL, no terminal navegue até o diretório onde o PostgreSQL foi descompactado. O que iremos fazer é copiar o arquivo chamado “linux” que está na pasta ./contrib/start-scripts para /etc/init.d/ renomeando para postgresql , dando permissão para execução. Digite:

sudo su
mv ./contrib/start-scripts/linux /etc/init.d/postgresql
chmod +x /etc/init.d/postgresql

Passo 10: Configurando o arquivo de inicialização

Para que o passo 9 funcione corretamente vamos abrir o arquivo que acabamos de mover e realizarmos algumas alterações.

Para abrir o arquivo, digite:

nano /etc/init.d/postgresql

Faça as seguintes alterações:

  • Na linha 32, troque seu conteúdo de prefix=/usr/local/pgsql para prefix=/usr/local/postgres.
  • Na linha 35, troque seu conteúdo de PGDATA=”/usr/local/pgsql/data” para PGDATA=”/usr/local/postgres/data”
  • Na linha 60, troque seu conteúdo de DAEMON=”$prefix/bin/postmaster” para DAEMON=”/usr/bin/postmaster”
  • Na linha 63, troque seu conteúdo de PGCTL=”$prefix/bin/pg_ctl” para PGCTL=”/usr/bin/pg_ctl

Para salvar e sair pressione “ CTRL + O “ e depois “ CTRL + X “.

Passo 11: Testando o arquivo

Execute os seguintes comando para verificar se o arquivo está correto:

$ sudo /etc/init.d/postgresql status
$ sudo /etc/init.d/postgresql stop
$ sudo /etc/init.d/postgresql start
$ sudo /etc/init.d/postgresql restart

Successfully, você agora possui o PostgreSQL 12.1 instalado na sua máquina.

Bem devs chegamos ao fim de mais um post e espero de coração que esse conteúdo tenha lhe ajudado de alguma maneira. As minha redes sociais estão logo abaixo, como também o link para o grupo no Telegram da comunidade Educadores no Linux.

Siga nos no Instagram:

@educadoresnolinux

@j.isaac.b.c

Acesse o grupo da comunidade no Telegram

comentários

Add a Comment